Neves, De Rosso e Fonseca Advogados e o sócio Daniel Neves estão novamente no ranking do Anuário Análise Advocacia


img_siteanuarioanalise2019-02

A publicação Análise Advocacia 500 faz anualmente levantamento no mercado jurídico, sendo considerado o mais relevante no país. A pesquisa detalhada é aplicada pela Análise Editorial aos diversos clientes dos escritórios brasileiros.

 Os executivos jurídicos das maiores companhias brasileiras são consultados pela equipe da Análise Editorial e votam nas bancas e profissionais que mais admiram, independente de utilizaremos seus serviços. O resultado é uma visão única dos serviços jurídicos disponíveis no Brasil e quem, na opinião das empresas que os contratam, são os mais qualificados para prestá-los.

 Na edição 2019, o escritório está em 4º. Lugar na categoria Setor Econômico / Petróleo e Gás.
Neves, De Rosso e Fonseca já esteve presente no ranking do referido Anuário também nos anos de 2008, 2009, 2010, 2015, 2017 e 2018.

 A Análise Editorial também avalia os profissionais da área e neste ano, o sócio Daniel Amorim Assumpção Neves é o segundo advogado mais admirado na área de Petróleo e Gás e o quinto colocado como profissional mais admirado no Estado de São Paulo. Ele também foi destaque da edição de 2018 do anuário, juntamente com a sócia Carolina de Rosso (categoria Consumidor) e o sócio Mateus Pereira do Santos (advogado mais admirado no Estado do Rio Grande do Norte).

 Nossa equipe agradece a confiança e o reconhecimento de nossos clientes, que resultam em selos importantes como esse.

Mais informações: analise.com


sociacarolina_sp_corinthians-02

Confira a matéria completa da edição de 31 de julho, do Jornal O Estado de S.Paulo:

NRFAdv - O Estado de S. Paulo

Sócia Carolina De Rosso Afonso fala ao Jornal O Estado de S. Paulo, sobre Anistia de Imóveis Irregulares


Matéria Estadão 200319

A edição de 20 de março de 2019 do Jornal O Estado de S. Paulo, publicou matéria “Anistia em SP atingirá 150 mil imóveis” em que a sócia Dra. Carolina De Rosso Afonso comentou sobre o assunto. Clique na imagem abaixo e leia a matéria na íntegra: